.

VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL - BACK TO INDEX

.

ACIDENTES E INCIDENTES COM AVIÕES DA TAM

.
CLIQUE AQUI PARA IR AO SITE SOBRE O ACIDENTE NO VÔO 402 DA TAM
.
Veja a lista dos acidentes e incidentes com aviões da TAM

MENU


PÁGINA INICIAL

.

ACIDENTES

AÉREOS NO

BRASIL

.

ACIDENTES

AÉREOS NO

MUNDO

.

ACIDENTES

DA TAM

.

IMAGENS DE ACIDENTES

NO BRASIL

.

IMAGENS DE ACIDENTES

NO MUNDO

.
VÍDEOS DE ACIDENTES
.
CAIXA-PRETA
.
ACIDENTES HISTÓRICOS
.
ACIDENTES HELICÓPTEROS
.

A TRAGÉDIA

COM O FOKKER

100 DA TAM

.

O DESASTRE

NO VÔO 1907

DA GOL

.
AEROPORTOS
.
AERONAVES
.

EMPRESAS

 AÉREAS

.
CURIOSIDADES
.
LOGOMARCAS
.
SELOS POSTAIS
.

INFORMAÇÕES

E SERVIÇOS

.
.ARTIGOS
.
LINKS
.
FAÇA SUA ESCUTA AÉREA NOS PRINCIPAIS AEROPORTOS DO BRASIL E DO MUNDO
ATC- Faça sua escuta aérea
.

Assinar meu

 Livro de Visitas

.

Ler meu

 Livro de Visitas

.
.
SITE DO JORNALISTA JORGE TADEU
.
BLOG DO JORNALISTA JORGE TADEU
.
O ARQUIVO DO FUTEBOL
.
A HISTÓRIA REAL DO ACIDENTE COM O FOKKER 100 DA TAM - VÔO 402
.
Quer ser um site parceiro?
.

ANUNCIE

NESTE SITE

.

SOBRE O AUTOR

E SUAS FONTES

.
SOBRE O SITE
.
FALE CONOSCO
FALE CONOSCO
.

Designer:

Jorge Tadeu

REPORTAGENS (em ordem cronológica)


Avião, vindo de Fortaleza para Teresina, abre porta em pleno vôo

Passageiros vão processar TAM

24/01/2006 - 01:56:31

"Se o avião tivesse caído, aí sim estariam noticiando a morte de centenas de pessoas". A reclamação é do passageiro Antonio Mesquita Neto, que estava no vôo JJ 3517, da TAM, realizado ontem, das 13h25 às 14h25, vindo de Fortaleza (CE) para Teresina.

Ele veio ao 180graus.com para levantar a denúncia e dizer que está entrando na Justiça contra a TAM pelo vôo arriscado que o avião da empresa fez, ameaçando matar centenas de passageiros. Segundo ele, em pleno vôo, a porta do avião abriu e todos entraram em pânico.

Antonio Mesquita Neto é de Teresina e diz que mora em Toronto, no Canadá, com a esposa Neide, onde trabalha como autônomo. O casal vinha passar as férias em Teresina. "Pegamos um avião de São Paulo a Fortaleza e depois um de Fortaleza que iria para Brasília com escala em Teresina. Foi neste vôo onde o pior aconteceu", disse.

O avião teria tido o problema ainda quando saía. Os passageiros ouviram um barulho estranho e se assustaram. Quando deram conta de que era uma porta que estava aberta, alguns gritaram e outros chegaram a entrar em estado de choque.

O pânico no avião foi geral. Uma aeromoça em treinamento se arriscou e tentou fechar a porta com auxílio de mais dois passageiros. Um deles chegou a sentir o braço dolorido. Passado o susto, o piloto do avião alertou para o que tinha ocorrido.

"Pelo sistema de áudio, o piloto falou o seguinte: 'Tivemos problema em uma suíte de acesso do avião. Mas o problema já foi resolvido e asseguramos a todos os passageiros que esta aeronave pode continuar com o vôo tranqüilamente'. O pessoal estava com medo, mas ficou por isso mesmo até chegar em Teresina", frisou Antonio Mesquita Neto.

Ele fez fotos do avião, quando desembarcou em Teresina. "Infelizmente, não pude tirar fotos de dentro do avião para mostrar a porta aberta e o desespero".

Antonio Mesquita Neto disponibilizou o telefone celular de número (86) 8829-2809 para que outros passageiros entrem na Justiça contra a TAM junto com ele.

VERSÃO DA TAM

O 180graus.com procurou ouvir a direção da TAM no Piauí sobre o ocorrido. O gerente da companhia no estado, identificado apenas como Nilo, preferiu não se manifestar sobre o assunto. "Só a nossa assessoria em São Paulo vai falar sobre o problema. Não estou autorizado a falar disso", limitou-se a dizer Nilo. Ele informou o número (11)5582-8405, que seria de um dos gerentes da TAM nacional, de nome Anair, para entrar em contato. O 180graus.com tentou ligar neste número, mas ninguém atendeu.


Chuva de granizo danifica avião da TAM e assusta passageiros em SP

29 de março de 2006

Uma pancada de chuva acompanhada de granizo danificou o pára-brisas e a parte frontal do avião Airbus A320-232, prefixo PT-MZV, da TAM que seguia de Curitiba (PR) com destino a São Paulo por volta das 20h30 de terça-feira (28).


Um passageiro, que pediu para não se identificar alegando restrições de contrato de trabalho, entrou em contato com a Folha Online. Ele disse que, logo após decolar em Curitiba, o avião já começava a chacoalhar bastante. Diz ainda que sentiu um forte mergulho da aeronave minutos após a decolagem. "[Foi] um mergulho infernal, como num filme de catástrofe. Todos gritaram, parei de respirar", disse.


Segundo o passageiro, o avião estava totalmente instável e houve um estrondo quando as rodas pousaram no chão. Ele afirma que, no desembarque, os passageiros viram assustados que o para-brisas do avião estava completamente quebrado e o "nariz", danificado. "[Vimos] O pára-brisa totalmente quebrado, [com] visibilidade zero [da cabine do comandante]. E a maior surpresa nos esperava quando descemos. Faltava o nariz do avião", disse.


O vôo que inicialmente iria para Congonhas (zona sul de São Paulo), acabou pousando às 21h25 no aeroporto internacional de Guarulhos (Grande São Paulo). Ninguém ficou ferido.

 

OUÇA A GRAVAÇÃO DA CABINE DE COMANDO DURANTE A TEMPESTADE


Outro lado
 

Em nota à imprensa, a companhia aérea confirmou os danos à fuselagem do avião e informou que a mudança de aeroporto foi feita pois as normas de segurança determinam que, em caso de danos na aeronave, o piloto opte pela pista mais longa que estiver à sua disposição para pousar. TAM negou que tenha havido qualquer problema além dos danos ao pára-brisas e à parte frontal.

 

Fonte: FOLHA ONLINE

 

Fotos abaixo: tiradas com aparelho celular por passageiro que prefere não se identificar

 

   

 

Abaixo, mais fotos:
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

Avião da TAM decola com moldura de janela quebrada

10 de abril de 2006

Avião da TAM que decolou de Belo Horizonte na tarde desta segunda-feira (10), apesar da moldura interna e da cobertura de acrílico da janela da aeronave estarem quebradas.
 

 

Foto: CAIO WENDEL/FOTOREPóRTER/AE


Pneus de avião da TAM estouram em aterrissagem no Amapá

02 de junho de 2006

Os passageiros do vôo 3448, da TAM, que desembarcariam no Aeroporto Internacional de Macapá, no Amapá, tomaram um grande susto na manhã desta sexta-feira. Durante a aterrissagem, três pneus do avião estouraram. Segundo a assessoria de imprensa da TAM, 154 passageiros estavam a bordo da aeronave e ninguém ficou ferido no acidente. O aeroporto já foi reaberto para pousos e decolagens.

O desembarque foi feito na pista do aeroporto. O avião foi rebocado para um hangar da empresa e passará por uma perícia do Departamento de Aviação Civil (DAC) que investigará os motivos do acidente.

De acordo com a Infraero, o piloto precisou acionar os freios de emergência, mas as rodas ficaram travadas e os pneus estouraram com o atrito. A TAM não se pronunciou sobre essa versão e afirmou que um laudo do departamento técnico da companhia deve esclarecer o fato.

Por meio de nota oficial, a companhia aérea informou que nenhum passageiro se feriu e que a apuração do caso já está a cargo das autoridades competentes. Confira abaixo a íntegra da nota:

"A respeito do vôo JJ 3448, na etapa Belém/Macapá, realizada na madrugada de hoje, dia 2, a TAM informa que, ao final da corrida de pouso, ocorreu o estouro de três pneus. O desembarque dos passageiros foi realizado na pista do aeroporto em total segurança. Não houve qualquer outro dano à aeronave.

O avião permaneceu na pista até que os pneus fossem substituídos para que a aeronave chegasse ao “gate” no aeroporto. Esse trabalho, que teve de ser interrompido durante a madrugada em função das fortes chuvas que atingiram a região, foi concluído no início da manhã de hoje.

De acordo com as melhores práticas observadas pelo setor, a apuração do fato está a cargo das autoridades competentes com a cooperação da equipe técnica da TAM".

Fonte: Redação Terra


Avião da TAM faz pouso de emergência no Paraguai

26/06/2006

Um avião da TAM Mercosul, uma subsidiária da aérea brasileira, fez um pouso de emergência no sábado no aeroporto de Assunção, no Paraguai, devido a um problema com uma das turbinas.

Segundo informações da rádio Jovem Pan, o avião Fokker 100 transportava 51 pessoas e tinha como destino o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Não houve feridos e a empresa está investigando as causas do ocorrido.

Fonte: Site 180graus


Pane em avião obriga piloto a fazer pouso de emergência em Teresina (PI)

É da TAM e teve que sobrevoar a cidade até acabar combustível

08 de julho de 2006

Um avião da TAM, modelo Fokker-100, sofreu uma pane no sistema do trem de pouso perto de chegar ao Aeroporto de Teresina. Ele estava marcado para chegar às 12h50, vindo de Brasília, mas teve que ficar sobrevoando a cidade até acabar o combustível.

O desespero tomou de conta de todos os passageiros que se encontravam no interior da aeronave como também aos que aguardavam no aeroporto. O piloto, confiante, teve que fazer o pouso de emergência. Primeiramente ele pensou em posar 'de barriga'. O avião ficou por cerca de 40 minutos sobrevoando até a descida somente após a terceira tentativa.

O pouso foi 100% tranqüilo e ninguém saiu ferido. Equipes do Corpo de Bombeiros e do SAMU foram ao Aeroporto socorrer os passageiros. As informações foram repassadas em primeira mão ao 180graus.com pelos radioamadores do grupo de VHF do médio Parnaíba (145.290MHz), que acompanharam o caso de perto.

Fonte: Site 180graus.com

Foto: Vianey Moura

 

___________________________________

 

Quinta-feira, 08 de julho de 2006

Incidente em vôo da TAM causa tumulto em Teresina

Agência Nordeste

Os 115 passageiros do vôo TAM 3516, procedente de Brasília, levaram um susto hoje por volta das 13h, no aeroporto Petrônio Portela, em Teresina.

O piloto suspeitou que o trem de pouso da aeronave, um Fokker 100, estivesse com problemas - não havia baixado ou não estaria travado – e solicitou um pouso de emergência.

Após aterrissar, depois de passar algum tempo sobrevoando o aeroporto, o trem de pouso foi verificado e a suspeita de defeito não foi confirmada. Os passageiros ficaram assustados e o desembarque foi feito na pista do aeroporto.

 

 

Veja foto do Fokker 100 na hora do pouso em Teresina (PI)

 

Aeronave faz pouso de emergência no aeroporto de Macapá

01 de agosto de 2006

MACAPÁ - Na tarde de ontem, uma aeronave Airbus 320 da TAM fez um pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Macapá. O vôo 3896, que saiu de Brasília (DF), fez uma escala em Belém (PA) e seguiu para Macapá, onde o restante dos passageiros desembarcou.

Quando se preparava para aterrissar, o piloto detectou que algo estava errado. Com experiência de vôo suficiente, ele percebeu que talvez o trem de pouso não tivesse aberto o que, de fato, aconteceu.

A avaria no sensor do trem de pouso foi provocada por uma ave (urubu), que acabou colidindo com o equipamento no momento da aterrissagem.

Depois de alguns sobrevôos, o avião conseguiu finalmente, tocar o solo. Os passageiros desceram assustados.

Esse é o segundo caso de incidentes com aviões da companhia. Um outro aconteceu há cerca de um mês.

O superintendente da Infraero no Amapá, Júlio Kuenzo, disse que a lixeira pública próxima à cabeceira da pista está causando esses acidentes, pela grande quantidade de urubus que são atraídos. O superintendente disse já ter tomado medidas judiciais para tirar retirar o depósito de dejetos daquele local.

Fonte: Diário do Amapá


Fokker 100 dá mais um susto

 

20 de agosto de 2006

 

Os passageiros do vôo da TAM JJ 3831 que partiriam de Brasília às 16h55 com destino ao Rio de Janeiro viveram um roteiro digno de filme no aeroporto da capital federal. E o protagonista foi, mais uma vez, o avião Fokker 100. Desta vez, um vazamento de combustível, detectado por um passageiro, causou pânico entre os clientes da companhia.

 

O calvário dos passageiros começou quando foram informados de que o vôo JJ 3831 não decolaria no horário, devido a problemas de manutenção com uma aeronave. Mais de uma hora depois do horário previsto para a decolagem, os 75 passageiros foram acomodados em um Fokker 100.

 

Quando a aeronave taxiava para decolar, um passageiro percebeu um vazamento de combustível. O piloto decidiu retornar. Os passageiros desembarcaram e, por uma hora, ficaram dentro de um ônibus na pista do aeroporto. Entre os passageiros, uma unanimidade: ninguém queria voltar para o avião.

 

A estudante Juliana Arlez, que viu a aeromoça comunicar o comandante sobre o vazamento, conta que um passageiro xingou uma das aeromoças e foi retirado do ônibus da empresa pela Polícia Federal.

 

A TAM confirmou o atraso no vôo JJ 3831, que decolou às 19h45 de Brasília. Cinco passageiros, porém, preferiram não se arriscar em outro Fokker 100 e optaram por embarcar no Airbus que decolou às 20h. A TAM informou ainda que o problema aconteceu devido ao abastecimento excessivo do tanque central da aeronave. Nestes casos, segundo a empresa, acontece a drenagem do combustível excedente para o sistema de over flow, que fica na asa da aeronave. A TAM diz que o projeto do avião prevê este tipo de procedimento, que não oferece risco para os passageiros, mas mesmo assim o comandante optou por retornar com o aparelho.

 

Fonte: Jornal do Brasil


Avião da TAM perde porta no vôo e retorna a Congonhas

08 de agosto de 2006

Após a decolagem, a porta de passageiros do Fokker 100, que decolou com destino a Maceió, caiu, sem deixar feridos

\"mais Ouça depoimento de uma passageira do vôo

O Fokker 100 da TAM que decolou do aeroporto de Congonhas às 13h47 com destino a Maceió, com escalas no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, e em Salvador, retornou à pista logo após a decolagem, após perder a porta de passageiros. O pedaço da aeronave caiu sobre o telhado do supermercado Extra da Avenida Ricardo Jafet, na zona sul de São Paulo.

O avião retornou ao aeroporto de Congonhas às 14h04, após um pouso forçado, mas tranqüilo. Segundo informou a TAM, os 79 passageiros foram retirados do avião sem problemas e transferidos para outra aeronave, seguindo para o Aeroporto Tom Jobim.

Em nota oficial, a TAM esclareceu que a porta dianteira esquerda se desprendeu do avião minutos depois de se abrir, em pleno ar. A empresa informou ainda que as causas do acidente já estão sob investigação das equipes de segurança de vôo das autoridades aeronáuticas e da própria TAM. O avião passou por uma checagem de manutenção em 28 de junho de 2006, não apresentando nenhum problema mecânico, segundo informou a empresa.                              

Confira a íntegra da nota:    

"A aeronave que efetuava o vôo JJ 3040, que decolou hoje (8/8), às 13h47, do aeroporto de Congonhas com destino ao Galeão, no Rio de Janeiro, com 79 passageiros a bordo, apresentou, no inicio da subida, abertura inadvertida da porta dianteira esquerda, que se desprendeu minutos depois.

O avião retornou imediatamente a Congonhas, pousando às 14h04, sem outros problemas. Não houve feridos e os passageiros foram reembarcados em seguida em outra aeronave da companhia.

As causas do ocorrido já estão sob investigação das equipes de segurança de vôo das autoridades aeronáuticas e da própria empresa.

Não há indícios de qualquer problema mecânico. O avião passou por check regular em 28 de junho de 2006, estando com sua programação de manutenção rigorosamente em dia".

Porta da aeronave, que caiu em um supermercado da zona sul

 

Fotos: Porta com lona azul (arquivo pessoal) - Porta e os técnicos: Agliberto Lima/AE

Fonte: Agência Estado

______________________________

"Aeromoça quase foi jogada para fora do avião", relatam passageiros

"A porta se soltou e bateu na asa da aeronave. Todo mundo entrou em pânico. Uma aeromoça que estava perto da porta ficou se segurando para não cair do avião", conta a estudante Camila Silva, 24, um dos 79 passageiros do vôo 3040 da TAM que ia de São Paulo para o Rio na tarde desta terça-feira.

Poucos minutos depois de decolar, a porta dianteira, no lado esquerdo do avião - um Fokker 100 - se desprendeu. A peça caiu sobre um supermercado da rede Extra na avenida Ricardo Jafet, no Ipiranga, zona sul de São Paulo. O piloto voltou para Congonhas, pousando 17 minutos depois de iniciar o procedimento de decolagem.

Ricardo Kocher, 39, que pegaria um vôo para a Suíça no Rio, era um dos mais indignados. "E se fosse a uma altitude maior? O que iria acontecer? A porta passou raspando na turbina", afirma. "Uma aeromoça que estava perto da saída ficou toda descabelada e teve que se segurar para não ser jogada para fora", completa.

A dona-de-casa Edna Lopes Bezerra, 39, diz que não vai esquecer tão cedo do susto. "É um trauma para o resto da vida. Achei que ia morrer. Não sei mais quando vou voar de novo", diz.

Segundo os passageiros ouvidos pela reportagem, uma das aeromoças afirmou que o problema pôde ser contornado facilmente porque o avião estava em baixa altitude. Mesmo assim, ao menos dois passageiros receberam atendimento médico no aeroporto por nervosismo ou problemas de pressão.

Maria de Lourdes Moreira, 48, também dona-de-casa, ia para Maceió passar férias, mas desistiu de embarcar novamente hoje. "Todo mundo entrou em pânico. Eu só pedia a Deus para rever meus filhos", conta Moreira.

Em nota, a TAM informou que "as causas do ocorrido já estão sob investigação das equipes de segurança de vôo das autoridades aeronáuticas e da própria empresa". Na mesma nota, a empresa afirma que o Fokker 100 passou por revisão em 28 de junho e que não há indícios de falha mecânica. "O avião estava com sua programação de manutenção rigorosamente em dia", diz o documento.

Fonte: Folha Online


Avião da TAM faz pouso de emergência em São Paulo

6 de outubro de 2006

O avião Airbus A-320 da empresa TAM fez um pouso de emergência no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, na manhã desta sexta-feira. A operação foi realizada com sucesso e não deixou feridos.

A aeronave, com 146 pessoas, pediu prioridade à torre de controle, pois o combustível estava acabando, já que ficou sobrevoando a cidade em virtude do fechamento de Congonhas, depois da derrapagem de um Boeing da Gol na manhã de hoje.

O destino do avião, que fazia o vôo 3719, procedente de Macapá, era São Paulo. Mas, ele faria duas escalas, uma em Belém e a outra em Brasília.

Fonte: Redação Terra


Veja mais reportagens e fotos: CLIQUE AQUI

. . . .
Este site está em The Best Aviation Sites
. . . .

2006-2007 ® Direitos Reservados - Jorge Tadeu da Silva